5

Benefícios Governamentais

Quais os benefícios governamentais que ainda estão em vigor?

Os benefícios governamentais são auxílios proporcionados pelo governo brasileiro, através de programas sociais, para famílias de baixa renda de todo o país.

Eles podem ser acessados por meio do Cadastro Único, sistema que abre portas para um conjunto de ações e políticas públicas para famílias que não possuem meios eficazes de se sustentar.

Com os problemas na economia brasileira e o crescente aumento do desemprego, mais famílias entram em situação de risco socioeconômico.
Isso torna ainda mais imprescindível a ajuda por meio dos benefícios governamentais para que as pessoas tenham condição de ter uma vida digna.

Entre os benefícios concedidos pelo governo, alguns costumam surgir enquanto outros podem cair em desuso, o que deixa sempre a população em dúvida sobre o que pode solicitar.

Pensando em auxiliar essas pessoas, trouxe aqui esse artigo falando sobre quais são os benefícios governamentais que estão em vigor em 2019.

Acompanhe até o final para saber tudo sobre esse assunto!

Benefícios governamentais: quais os que ainda vigoram em 2019?

Aqui no artigo, você irá conhecer os benefícios governamentais mais importantes que ainda estão em vigor em 2019, que são:

Programa Bolsa Família

É um programa, criado no ano de 2003, que tem como objetivo combater a pobreza e a desigualdade social no país.

Esse benefício governamental é uma forma de complementar a renda das famílias para aliviar a situação de pobreza em que elas vivem.

Ele promove e reforça também o acesso dessas famílias a direitos como educação, saúde e também à assistência social.

O intuito é garantir a erradicação da pobreza e proporcionar mais oportunidades de inclusão social, de forma a modificar a situação dos brasileiros e do país.

Os pagamentos do programa Bolsa Família são feitos pela Caixa Econômica Federal e todos os entes do governo (União, estados, municípios e o Distrito Federal) estão envolvidos na sua execução.

Esse é um benefício governamental em que o valor e o tipo de auxílio que a família receberá irá depender de como ela é composta e do valor da sua renda mensal.

Programa Minha Casa, Minha Vida

Esse é um dos programas mais conhecidos de benefícios governamentais, atendendo milhões de brasileiros.

Ele objetiva auxiliar as pessoas, de diversas rendas, a comprarem sua casa própria através de uma maior facilidade nas condições e valores de financiamento.

As famílias de baixa renda pagam parcelas mais baixas para pagar o financiamento do seu imóvel, desde que estejam inscritas no Cadastro Único.

Para poder fazer a solicitação do programa Minha Casa, Minha Vida, essas famílias também deve cadastrar-se no chamado cadastro habitacional.

Ele pode ser feito nos municípios através das Secretárias de Habitações, mas caso na sua cidade não haja. Então, ele pode ser requerido nas secretarias estaduais.

Identidade Jovem (ID Jovem)

A Identidade Jovem, ou ID Jovem, é um benefício governamental que surgiu em 2016.

Ele objetiva, por meio de um documento, possibilitar que jovens de baixa renda. Portanto, estudantes e também pessoas com deficiência tenham acesso a diversos eventos, como esportivos ou culturais.

Além disso, também é possível a reserva de vagas ou preços mais baixos para passagens em transporte coletivo interestadual (entre estados).

Os jovens de baixa renda que podem fazer uso desse documento são aqueles que têm entre 15 e 29 anos. Porém, provenientes de famílias que tenham renda mensal de, no máximo, dois salários mínimos.

Água para todos

Esse é um programa direcionado para aquelas famílias brasileiras que vivem nos municípios na região do Semiárido. Contudo, em situação de pobreza extrema.

Ele tem como objetivo levar água até essa população para diversos fins, como consumo. Contudo, o uso em produção alimentar (agricultura familiar) e na criação de animais.

Para ter acesso a esse benefício governamental, a família precisa estar inscrita no Cadastro Único. Portanto, além disso, também ter uma renda baixa por pessoa (máximo de R$ 154,00 por mês).

Ao contrário de outros benefícios, em que a família precisa solicita-los, no caso do Água para todos é o próprio Ministério da Integração Nacional que deve fazer a identificação dos municípios e famílias que devem recebe-lo.

Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental)

Esse é um benefício governamental que promove auxílio de forma diferenciada. Portanto, ao invés de ser mensalmente, o benefício é proporcionado a cada 3 meses.

Ele visa auxiliar as famílias que vivem em situação de extrema pobreza naquelas áreas de conservação ambiental ou naquelas de reservas extrativistas.

Para receber o auxílio, a família deve ter uma renda mensal de no máximo R$ 77,00 por pessoa. Portanto, além de desenvolver atividades de uso sustentável nessas áreas.

Assim como no caso do programa Água para todos, as famílias também não precisam solicitar esse benefício. Portanto, o próprio Ministério do Meio Ambiente faz a seleção das famílias que irão recebe-lo por meio da análise.

Bolsa Estiagem (Auxílio Emergencial Financeiro)

Esse é um benefício governamental também proporcionado através da seleção do Ministério da Integração Nacional.

Ele irá identificar os municípios que foram atingidos por um desastre ambiental. Contudo, que estejam em estado de calamidade pública ou de emergência.

A partir dessa identificação, as famílias que pratiquem agricultura familiar e tenham renda de dois salários mínimos mensais. Portanto, no máximo, serão beneficiadas com esse auxílio.

O valor a ser pago a cada família depende da região onde ela mora vai ser paga em parcelas mensais.

Lembrando que esse, diferentemente de outros benefícios, é um auxílio emergencial. Ou seja, depende de uma determinada situação no município onde moram essas famílias.

Conclusão

Como você viu, existem diversos benefícios governamentais que ainda estão em vigor em 2019.

Eles irão proporcionar um auxílio às famílias que estejam em situação de extrema pobreza. Portanto, desde que elas sejam inscritas no sistema do Cadastro Único.

Gostou do artigo de hoje sobre quais são os benefícios governamentais que ainda estão vigorando para os brasileiros?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Colunista