0

Empréstimo: o que é e como fazer?

Muitos brasileiros, principalmente em épocas de crise econômica, convivem com o grande problema da falta de dinheiro. Portanto o empréstimo tem sido uma solução!

Essa falta de verba pode gerar dívidas, quando você faz diversas compras sem poder pagá-las depois, como também pode impedir você de realizar seus sonhos, como viajar, comprar um carro ou fazer uma faculdade.

Para resolver esse problema, é muito comum que as pessoas peçam dinheiro emprestado às instituições financeiras, os chamados empréstimos pessoais.

Com esse dinheiro, elas podem solucionar toda e qualquer situação financeira que estiverem envolvidas, diminuindo as dores de cabeça.

É muito comum que as pessoas peçam empréstimos para pagarem dívidas de juros altos, como no caso dos cartões de créditos.

Dessa forma, você quita de vez essa conta em aberto que só cresce a cada mês e em contrapartida fica pagando à uma instituição financeira, com juros mais baixos.

Eles também são muito populares para quem deseja reformar ou comprar uma casa nova, de forma que consiga cobrir os custos de uma vez e ficar devendo apenas ao banco, pagando suaves parcelas mensais.

Seja qual for o seu propósito, a questão é que o empréstimo pode ser uma boa para você, desde que saiba negociá-lo bem.

Pensando em ajudar você, resolvi trazer esse artigo explicando o que é o empréstimo e como fazê-lo.

Acompanhe até o final e fique por dentro de tudo!

Entenda tudo sobre empréstimos

O que é um empréstimo?

O empréstimo é uma negociação entre o consumidor (pessoa física, por exemplo) e uma instituição financeira (que pode ser um banco).

Nessa negociação, o consumidor pega um dinheiro emprestado da instituição financeira, devendo pagá-lo em parcelas dentro de um determinado período de tempo e com taxas de juros.

No caso do empréstimo pessoal, não é preciso dar nenhuma garantia para que a instituição te empreste o dinheiro (como colocar a casa ou o carro como garantia de que vai cumprir o contrato).

Como ela não pede a garantia, ela coloca juros mais altos para você pagar sobre as parcelas do dinheiro que pegou.

Muitas pessoas ainda possuem dúvidas sobre a diferença entre o empréstimo e o financiamento. Você sabe qual é?

Diferença entre empréstimo e financiamento

O empréstimo é um crédito mais facilmente aprovado por uma financeira ou banco, não exigindo justificativas sobre o dinheiro a ser pego.

Isso quer dizer que você não precisa justificar para a instituição qual será o uso que dará ao dinheiro emprestado, muito menos eles irão analisar seu crédito pessoal.

Entretanto, por não pedir garantias ao cliente, os bancos e as financeiras colocam juros altos, muitas vezes exorbitantes dependendo do valor, para ter certeza de que irá receber o dinheiro de volta.

Enquanto isso, o financiamento é um crédito mais difícil de ser aprovado, pois exige uma grande burocracia.

A instituição financeira irá pedir para que você justifique o uso daquele dinheiro que está tomando emprestado, bem como fará uma análise do seu crédito pessoal antes de aprovar o seu financiamento.

A escolha do empréstimo ou do financiamento irá depender bastante do seu objetivo e da situação do seu crédito. Por isso, tudo é você deverá pensar com muita calma antes de escolher um dos dois.

Como fazer um empréstimo?

Atualmente, é possível fazer um empréstimo sem sair de casa. Contudo, diretamente pela internet em sites de instituições financeiras ou em sites de empresas de crédito pessoal.

Você deve, antes de qualquer coisa, analisar bastante de quanto realmente precisa. Porém, se terá condições de pagar por esse valor e em quantas parcelas isso é possível para não pesar no seu bolso.

Muitas vezes os consumidores acabam pegando um valor maior do que necessitam. Portanto, o que os levam a se endividar depois.

Sendo assim, pesquise bastante em diversos bancos e financeiras qual os valores liberados para crédito. Contudo, as taxas de juros mais em contas e os melhores prazos para pagar.

Após toda essa pesquisa e análise, aí sim você poderá escolher a opção que melhor adequa-se a sua realidade financeira e fazer o seu empréstimo.

Como emprestar online

Após fazer a pesquisa, análise e simulação de empréstimo e ter escolhido a melhor opção para você. Portanto, é hora de ir para os passos efetivos do pedido.

Faça a escolha da forma de pagamento dentro da sua realidade financeira. Contudo, fazendo também as contas do seu orçamento pessoal.

Planeje tudo isso de forma antecipada para que seja possível não cair em erros na hora de realizar o pedido da aprovação de crédito.

Você deve atender todos os requisitos da instituição (banco ou financeira) para a qual irá solicitar a liberação do empréstimo.

Fique atento a tudo que ela pedir para fazer a sua avaliação, cadastrando-se corretamente no site e também enviando todos os documentos exigidos.

Alguns dos documentos pedidos pelas instituições são: documento de identidade (RG), CPF, comprovante de residência e comprovante de renda.

Agora que você enviou todos os documentos que a instituição financeira pediu e também assinou o contrato. Portanto, é hora de esperar.

O próximo passo é a análise do seu crédito (lembre-se que, normalmente, esse é um passo isento. Mas, alguns bancos podem exigi-lo, principalmente pela internet).

Após a quantia pedida no empréstimo, as formas de pagamentos, total de parcelas, juros e taxas. Portanto, além dos documentos serem avaliados, seu empréstimo será liberado ou não.

Esse processo pode ser feito ainda no mesmo dia ou demorar no máximo uma semana útil para ser aprovado. Mas, assim que seu crédito receber aprovação, o dinheiro do empréstimo cairá na sua conta.

Conclusão

Como você viu, o empréstimo pode ser uma ótima opção para conseguir o dinheiro necessário. Contudo, seja para pagar dívidas ou alcançar um objetivo que deseja (como comprar um carro ou fazer uma viagem).

Entretanto, é preciso saber fazer uma boa pesquisa. Portanto, análise e simulações para achar o que melhor adeque-se ao seu bolso.

Não cair em enganações de financeiras, bem como não aceitar o primeiro empréstimo que é oferecido sem comparar com o de outras instituições pode livrá-lo uma grande cilada.

Gostou do artigo de hoje falando sobre empréstimos?

Veja também, como organizar suas dívidas!

Se ficou com alguma dúvida sobre esse assunto. Portanto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Colunista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *